terça-feira, 17 de Junho de 2008

The Office

Pois é, por uns dias vou substituir a minha irmã no escritório dela. Como tal, tenho um horário fixo, das 09h30 às 18h30, com 1h30 de almoço. Até nem é mau.
Relato do primeiro dia- Cheguei 15 mins mais cedo, fui almoçar em 45mins, e espero sair pelo menos a horas.
Como não percebo nada disto, e como é só por 4 dias, tb vou sair sem perceber... a única coisa que domino é fazer/receber telefonemas, abrir portas e tirar fotocópias. Detesto sentir-me um peixe fora de água... a sério que detesto.
E para vir para o escritório, como é óbvio vim de metro, apanhei-o em Santa Apolónia, aproveitei para ver as novas estações nomeadamente a do Terreiro do Paço, sim, porque eu realmente ando de metro, mas não em Lisboa. Acho que este ano andei de metro pela primeira vez hoje... já não conheço estações da nossa reduzida e pouco complicada rede, como por exemplo senhor roubado, odivelas e mais umas quantas...
E já agora, pq é que as pessoas que vêm que o metro está quase a ir embora, correm, e quando conseguem entrar vêm todas a sorrir? é pura e simplesmente o facto de estarem contentes por não o terem perdido? será o facto de correr que lhes imprime esse sorriso na cara? E este fenómeno só se dá em grupo, se uma pessoa estiver sozinha e tiver a mesma acção, já não se ri...
P.S.- quando andava regularmente de metro, para me distrair e passar o tempo, começava a ver as horas, e depois contava quantas pessoas tb olhavam para os seus relógios, mesmo quando não os tinham no pulso, hoje voltei a fazê-lo... e mantém-se, a maior parte das pessoas olham também... carneiros.
And that's the way the cookie crumbles...

sexta-feira, 13 de Junho de 2008

Gases das Pipocas

Nem acredito que já passou mais de um mês desde que "postei" aqui qq coisa... mas infelizmente, tem acontecido imensa coisa, e não tinha tido nem inspiração nem vontade de cá vir.
Ontem foi a conhecida noite dos santos, para variar não fui, detesto os santos, imensa confusão, imensa gente, casas de banho é para esquecer por isso para mim é mesmo melhor ficar em casa. Claro que não ajudou o facto de estar super constipada!
Mais novidades, fui ver o Sexo e a Cidade na sala Vip dos cinemas do Campo Pequeno, por 10 euros tivémos direito a bar aberto e "petiscos". Podíamos levar as bebidas e pipocas para dentro da sala, as poltronas eram de pele com apoio para os pés etc... logo vi o filme practicamente deitada. A minha irmã gostou tanto que se uma pessoa olhasse para ela durante o filme, conseguia-se ver o sorrisinho de felicidade estampado na cara dela. Em relação ao filme em si, não consigo ser objectiva, eu adorava a série logo, adorei o filme... aquilo não tem nada que saber, para quem gosta é chapa 5 e não parece um episódio grande como no caso dos Simpsons.
Mais recentemente, fui ver o Indiana Jones, e não sei se era das saudades que tinha de ouvir a musiquinha, e ter o Harrison Ford novamente na personagem... masssssss o filme tem imensas cenas em que exageraram um bocado, mas dava por mim a rir e a gostar, então na cena dos macacos... enfim, quem já tiver ido ver deve perceber o que quero dizer. O que não percebo é como é que um homenzarrão como o Harrison anda a fazer com a anórectica da Calista Flockhart... e pelos vistos toda a gente a deve achar uma deusa, porque na série onde entra "Brothers and Sisters" também a metem a "andar" com actores gírissimos... não percebo sinceramente.
Anywayyyyy, foi depois do filme ter acabado que se passou o episódio que dá o nome a este post! Como é normal, e depois de ver um filme de 2h com meio litro de ice tea uma pessoa tem de ir à casa de banho. Chegando à casa de banho... se há coisa que detesto é ouvir as outras pessoas a "mijar" visto que isso pode ser muito bem evitado, mas se for só isso até nem há grande problema... mas largar peidos numa casa de banho pública ao mesmo tempo que se mija!!!! eu já considero um EXAGERO. E como se não bastasse... a amiga que estava do lado de fora, até diz... "Eh lá, sua cagona".. ao que a "menina" responde "Então, o que é que tu queres? são gases das pipocas".............. g a s e s d a s p i p o c a s???????????????????????
Eu nem queria acreditar, saio para lavar as mãos e está a minha irmã ao meu lado a tentar não olhar para mim... ao secar as mãos foi impossível não olharmos uma para a outra e nos desatarmos a rir! o que para quem nos conhece... sabe que foi "estrondoso".
De salientar que fomos ver o filme ao Vasco da Gama o que em parte explica este pequeno episódio... but still... never thought I'd see the day...
And that's the way the cookie crumbles...

segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Para nos relembrar...

quarta-feira, 16 de Abril de 2008

Milão, Milano, Milan

Estive em Milão recentemente, e como já não ia lá há alguns meses, aproveitei para sair pela primeira vez à noite naquela cidade. Primeiras impressões, cara! Só para entrar na discoteca uma pessoa larga 20 euros, e só tem direito a uma bebida. Táxi para a discoteca, 14 euros. Claro que foi a dividir por quatro, mas mesmo assim...
Dentro da discoteca, para guardar o casaco, 3 euros. O espaço em si não era feio, mas também não tinha nada que o tornasse especial, marcava apenas pelo tamanho. Tal como em Portugal, não se pode fumar dentro da discoteca por isso existia lá fora um bar onde os fumadores se podiam juntar. A partir das 2 da manhã deixam de servir alcóol. Vá lá que os seguranças não revistam à entrada por isso miniaturas entram facilmente e preenchem aquele espaço protegido pela lei seca... que dura das 2 às 4 da manhã, hora a que a discoteca simplesmente fecha. A música até nem era má, era actual e não meteram italianada... o que foi óptimo.
Em relação às pessoas em si... os homens podem-se considerar bem servidos, tudo o que é fêmea, arranja-se, decota-se, coloca-se em cima de sapatos claramente "fashion" e estão "disponíveis" para "conversar", faço apenas um aviso, é bom que saibam "parlar italiano" porque senão, morrem virgens de italianas. Em relação à nossa fauna, pelo menos na minha opinião, detesto homens italianos. Eu nunca na vida conseguiria andar com um homem que demorasse mais tempo a arranjar-se para sair do que eu... e nenhum daqueles me parecia que o conseguisse fazer. E o resultado final... nem vale a pena, porque ou se apanha o bimbo, vestido com a última imitação de "brada" e "dolce e gadana" ou então temos o verdadeiro macho italiano com a camisa aberta, o peito depilado (que é outra coisa que não percebo... o único sítio onde se compreende que um homem faça depilação é nas costas, senão parece uma mulher), e a cair sobre o peito, um fio de ouro que tb é outra coisa que abomino. Já para não falar da cara de bébé, que mais parece que nunca viu uma gilette na vida, mas sim cera que nem o peito. Por isso para mim, o macho italiano que tanta fama tem... fica-se mesmo por aí.
No dia seguinte, como o Inter jogava contra o fiorentina, aproveitei e fui ver o jogo. Aqui os exemplares são parecidos com o tuga... mas andam mais vezes à pancadaria, e lugares marcados é mentira. Mas valeu a pena :)
And that's the way the cookie crumbles...

sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Repeat, Repeat

Para quem ouve a radar sabe que eles perguntam às pessoas que música ouvem em repeat, neste momento a minha é esta


terça-feira, 8 de Abril de 2008

Velhinho "Traque"

Isto para quem se lembra do velho traque...(para quem não sabe) não é o que estão a pensar, mas sim o nome do meu antigo jornal. Publicação essa que não tinha data certa de saída... era publicado apenas quando havia material :) Também não "saíram" muitos, mas foram poucos e bons. Pena não ter ficado com nenhuma cópia, e os únicos exemplares que sobram, andarem perdidos algures no areeiro.
Mas no outro dia, um dos visados do traque, disse-me que o blog seria mais giro, se fosse uma espécie de traque 2... mas o traque era mauzinho, era cruel, há mais gente a ler est blog, do que gente a quem o "traque" era "entregue". Mas vou tentar ok?
Falando noutras coisas... hoje andei de metro, coisa que não fazia há imenso tempo, e descobri que se pode pagar o bilhete de metro com multibanco!!! também têm agora uns bilhetinhos verdes todos catitas que uma pessoa pode carregar e usar várias vezes... isto realmente... eu ainda sou do tempo de não pagar o metro, e o bilhete que eventualmente se comprava era para fazer um filtrozito!
Lembro-me de uma vez ter sido apanhada sem bilhete de metro, e se mais alguém foi apanhado, sabe que a multa na altura eram uns 8 contos e 100 escudos, estes últimos para comprar um bilhete como forma de humilhação, e não é suposto usar, mas quando fui pagar a minha multa, para voltar para casa, usei aquele bilhete lol, e para lá nem sequer comprei. Por acaso esse dia agora que me lembro, foi horrível, ia de metro para o cais do sodré para um jantar de anos. Fui apanhada sem bilhete, tiveram de ligar para casa da minha avó para ver se morava mesmo lá, só aí que vergonha, depois passados uns 15 minutos liga o meu pai, a perguntar se eu estava na esquadra, porque a minha avó lhe tinha ligado em pânico a dizer isso. Lá tive de explicar o que tinha acontecido. Fui ter ao jantar, mas deixei o meu casaco com chaves de casa etc no escritório do aniversariante, já que era suposto passarmos por lá depois para o ir buscar, e mais gente acabou por deixar lá coisas.
Vamos para o restaurante, tudo a beber, o meu namorado da altura apanha uma bebedeira de tal forma que tenho de o levar a casa, porque já nem se aguentava em pé. Enquanto ele ainda sabia quem era, e ainda tinha a capacidade de articular palavras, lembro-me de ele ter dito que no dia a seguir tinha a irmã a bater à porta para irem fazer alguma coisa, e isto seria por volta das 09 da manhã... ora, eu fui deixá-lo a casa (de táxi), e fiquei lá a fazer algum tempo, até porque estava cansada, dormi umas 2 horas e depois, por volta das 08 da manhã fui para casa. Naquela altura conhecer a família do namorado era algo assustador.
Quando chego a casa, e vou à procura das chaves... nada. Tenho daqueles flashbacks para a altura em que pendurei o casaco com tudo lá dentro no escritório do meu amigo, que por volta desta hora ainda devia estar mais que a roncar depois de uma noitada daquelas!!! Como não tinha mais dinheiro para andar de táxi para todo o lado, fui de metro desde o saldanha até ao cais, e fiquei a fazer tempo, sentada na estação...devia parecer uma mendiga! Devo ter telefonado umas 30 vezes para o telemóvel do aniversariante, que por volta das 11h da manhã finalmente me atende, e diz, que o segurança só lá está a partir das 12h para me abrir a porta. IA MORRENDO! já estava naquela brincadeira desde as 08 da manhã estão a imaginar?
Lá esperei, lá o segurança me abriu a porta... voltei de táxi para casa com o pouco dinheiro que me restava, sempre a ver se não tinha de dizer ao taxista, para parar que eu saia já ali... e depois quando finalmente chego a casa... toca o telefone! Era o meu ex namorado, a perguntar como é que tinha chegado a casa na noite anterior, ao qual não me lembro bem da resposta, mas deve ter sido a insultá-lo quase de certeza...fui dormir e acho que só acordei na segunda feira :)
And that's the way the cookie crumbles :)

Clip do Dia